Acerca de

O projeto Créer en Afrique Centrale: Apoio aos Sectores Cultural e Criativo é cofinanciado pelo Programa Cultura ACP-UE, uma iniciativa conjunta da União Europeia e da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP), cujo mandato é estimular o potencial do sector cultural e criativo e a sua contribuição para o desenvolvimento socioeconómico dos países ACP.  

O projeto visa apoiar as indústrias culturais e criativas (CCI) e visa oito países da região da África Central: Camarões, República Centro-Africana, Congo, República Democrática do Congo, Guiné Equatorial, Gabão, São Tomé e Príncipe e o Chade. 

Neste contexto, a Créer en Afrique Centrale tem como objectivo:

  • Promover, através de apoio financeiro específico, o desenvolvimento integral das CCI como actores económicos, sociais e culturais.
  • Reforçar as capacidades das CCI e elevá-las à norma, reforçar as capacidades das estruturas de apoio e supervisão dos atores culturais e das suas organizações de cúpula. 
  • Promover um ambiente favorável para um melhor e pleno acesso aos mercados nacionais, regionais e internacionais dos produtos e serviços culturais gerados.                      

Este projeto visa artistas e operadores culturais, empresas e organizações da sociedade civil, grupos vulneráveis (mulheres, jovens, minorias, etc.), meios de comunicação social local, regionais e internacionais, bem como autoridades públicas locais e nacionais. Destina-se também à população em geral que beneficiará dos resultados a longo prazo do projeto. 

As principais atividades implementadas são:

  • Três convocatórias à apresentação de propostas para apoiar cerca de 40 projetos para a produção de bens e serviços culturais de alta qualidade;
  • Seminários e workshops de capacitação para diferentes grupos-alvo a nível sub-regional e transregional;
  • Uma campanha de sensibilização para demonstrar o potencial do sector cultural e criativo e para encorajar as autoridades nacionais e locais a implementar políticas culturais específicas;
  • Atividades de trabalho em rede para abrir um diálogo entre profissionais e decisores políticos.

O projeto terá a duração de 40 meses, começando em dezembro de 2020 e terminando em março de 2024. É implementado pela  InterartsCulture et Développement, a Comunidade Económica dos Estados da África Central, e o Institut National des Arts em Kinshasa. O Centro Regional para as Artes Vivas em África - CERAV/Africa, Arterial Network  e United Cities and Local Governments of Africa (UCLG Africa) são parceiros associados do projeto.

  • projet 3
  • oacp
  • acp-eu
  • European Comission
  • projet 3
  • Interarts
  • CetD
  • CEEAC
  • INA